quinta-feira, 7 de abril de 2016

Sobre a loucura de ser sã


  Ana disse toda vida que sempre foi livre e nada a impedia de fazer suas vontades, mas quando alguém, por ventura, parava e lhe questionava sobre estar usando roupas da moda, que ela mesma criticava, simplesmente respondia que não podia estar fora dos padrões. Marcos insistia em dizer que tudo que lhe dava na telha era realizado sem pensar duas vezes, mas quando sentia vontade de por acaso, faltar uma prova da faculdade, dizia ser uma loucura muito grande. Luisa passou a vida toda querendo fazer as coisas que Marcos e Ana faziam, mas por sua vez, não tinha coragem o suficiente para aguentar tudo que falariam sobre ela depois, e para sua própria segurança, se privava de muitas coisas que a fariam bem, e no final do dia se sentia triste por isso.

  Algumas pessoas dizem loucamente que querem encontrar o amor de suas vidas. Outras, querem o sucesso. Outras a diversão. Mas você já parou para pensar que ninguém nunca disse que seu sonho seria viver loucamente a vida? Quantas vezes, na vida inteira, você já parou para pensar em todas as coisas que devia ter feito, mas no final as denominou como um ato muito louco para ser realizado? Você já pensou em fazer algo e não sentir a culpa depois? Provavelmente não né?! Pois bem, vim aqui lhe dizer que devia! A vida é feita de pequenos acasos, ora bons, ora ruins. Você nunca sabe o que acontecerá daqui a trinta minutos, trinta dias ou trinta anos, mas se você analisar todo esse tempo , você foi feliz nesses trinta minutos, dias ou anos?

  Miga(o), se joga! A loucura está na vida, e só consegue aproveitar-se  dela para o bem quem tem na mente que a única coisa que precisamos para isso é sermos honestos conosco e com a nossa sanidade. 


Um comentário:

  1. Concordo com vc Gabi! As vzs a gente tem que dar mãos pra loucura e se permitir ser feliz. Aproveitar tudo que a vida nos dá de bom sem medo, só com muita coragem no coração.

    Continue com os textos, eu gostei mto!
    bjo bjo

    ResponderExcluir