quinta-feira, 16 de julho de 2015

Li e aprovei: "Invisível"

Olá amoresssss, tudo bom com vocês? Aqui estou eu novamente (acho que tô batendo meu record mas como já estou de férias quero aproveitar pra atualizar muito o blog.) e dessa vez vim aqui para anunciar o inicio da série "Li e aprovei". 
Como vai funcionar? 
Bem. quem me acompanha no Instagram sabe que eu sou apaixonada por livros e de vez em quanto coloco algumas resenhas por lá. Resolvi fazer uma série aqui e uma vez por semana vou fazer resenhas dos meu livros preferidos para compartilhar com vocês esse universo paralelo maravilindo, que é a leitura  E a resenha de hoje vai ser sobre o livro "Invisível" de David Levithan e Andrea Cremer.


A história:
Invisível conta a história de Stephan, um garoto que já nasceu amaldiçoado e nem sabe ao menos o motivo. Ele é Invisível! . Stephan vive em Nova York e ninguém foi capaz de ver seu rosto ou seu corpo, nem ele mesmo, pelo menos até agora! Certo dia, depois de voltar do seu passeio pela cidade, Stephan sai do elevador e encontra Elizabeth, sua nova vizinha. Ele para em frente a porta de sua casa e espera até que ela entre para poder pegar sua chave e entrar em sua casa, até que Elizabeth pergunta o que ele está fazendo parado ali e então ele descobre que tem alguém no mundo todo que é capaz de vê-lo. Para Stephan, a solidão vem da ideia de que você pode estar envolvido no mundo, mas não está. Ser invisível é ser solitário sem o potêncial de ser outra coisa além de solitário. Por isso, depois de um tempo, você se retira do mundo. É como se estivesse num teatro, sozinho na platéia, e tudo mais estivesse acontecendo no palco. Tanto Elizabeth como Stephen precisam decidir o quão longe irão para quebrar a maldição que o acomete. Será que estariam dispostos a enfrentar o maior desafio de todos, a morte?
Fatos que me fizeram querer ler o livro:

O que mais de chamou a atenção nesse livro é que Stephan é invisível e não sabe como nem o porque. Stephan vive totalmente sozinho, sua mãe já morreu e seu pai vive em outra cidade e nenhum dos dois nunca contaram para ele o motivo da sua invisibilidade. Quando comecei a ler passei a refletir o modo que uma pessoa se sente ao viver sozinha, mesmo não sendo invisível fisicamente como Stephan. A leitura do livro nos faz pensar em como várias pessoas no mundo inteiro se sentem ao serem ignoradas, sozinhas ou presas em alguma coisa. Elas se sentes Invisíveis para a sociedade e para si mesmo e é nesse aspecto que devíamos nos auto questionar e pensar: Já que o mundo não pode mudar minhas atitudes, será que as minhas atitudes podem mudar o mundo? 

Checklist:
Título- Invisível
Autores-David Levithan e Andrea Cremer 
Edição- 1
Editora-Galera Record Ano: 2014
Páginas-322 

Espero que tenham gostado e até semana que vem! 
Kisses and kisses,
Gabi Ullrich.

5 comentários:

  1. Ja vai pra minha listinha "ler no futuro" haha
    Beijos meu amor ♥
    Blog | FanPage | Instagram | YouTube 

    ResponderExcluir
  2. Tenho que confessar que fiquei muito curiosa para saber como que essa história continua, parece muito interessante!
    Ah, te indiquei em uma tag: “De tudo um pouco” no meu blog!

    www.hellojana.com.br
    Beijo :) !

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu já ouvi falar tanto desse livro, ele ta ate na minha lista.

    ResponderExcluir
  4. Gabrielle, fiquei com vontade de ler o livro só pela sua resenha!! Fiquei curiosa pela história!!

    Sucesso com o blog!!
    Beijos da Kah!! :*

    http://kantinhodak.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. uhuu, curiosidade a mil agora rsrs!!
    amei seu blog :)
    seguindooo claroo.. vem em visitar hein :)
    beijo grande!!
    Taty| www.tatycamposblog.com

    ResponderExcluir